Após análise da Câmara, Secretaria da Fazenda assume equívoco na taxa de lixo
Foto:Cláudio Ricardo
Vereadores durante reunião na Prefeitura de Fernandópolis

 

O poder Legislativo de Fernandópolis, que vêm se empenhando em
solucionar o problema do valor cobrado da taxa de lixo na cidade, que
resultou em uma grande alta no valor dos carnes de IPTU, se reuniu na
manhã de hoje (terça-feira) 08, com o prefeito e sua equipe técnica da
Secretaria da Fazenda, para indicar a existência de possibilidade de
equívoco no valor cobrado na taxa de lixo do município.
Segundo informou o procurador jurídico da Câmara, Thales Zaine, após
receberem relatórios da Secretaria Municipal da Fazenda, foi identificado
que o valor reajustado pelo Poder Executivo, por meio de um decreto,
poderia estar equivocado.
Após os vereadores apresentarem existir a possibilidade de cálculo
equivocado, o prefeito se reuniu com sua equipe e identificou o real
equívoco, e anunciou aos vereadores que deverá realizar a devida
correção. O valor que havia sido reajustado deverá sofrer uma redução de
aproximadamente 38,31%. A correção deverá ser feita através de um
novo decreto assinado pelo prefeito.
Outro anuncio feito juntamente com a Câmara de Vereadores é que os
carnês atuais serão cancelados, e novos carnês com os valores corrigidos serão emitidos,

e que a primeira parcela vencerá em março, como possibilidade de pagamentos em até 10 vezes.

Quem já efetuou o pagamento poderá requerer junto ao Poupa Tempo o seu ressarcimento.

Data: 08-01-2019 16:15:24